Destruir depois de ver
Destruir depois de ver

Destruir depois de ver

Destruir depois de ver

Bill Clinton apoia o movimento #MeToo

Elsa Araújo Rodrigues15h11 — 05 Junho 2018

O ex-Presidente dos EUA Bill Clinton repetiu o pedido de desculpas a Monica Lewinsky, a estagiária da Casa Branca com quem teve um caso há mais de 20 anos. Em Nova Iorque, numa sessão de discussão do livro "The President Is Missing", escrito em co-autoria com James Patterson, Clinton disse também que apoia o movimento #MeToo.