Close-up

Close-up

A cazaque "Ayka" enfrenta o frio, a fome e a máfia na gélida Moscovo

Já está nas nossas salas "Ayka", um filme de Sergei Dvortsevoy e que o crítico de cinema João Antunes descreve como "um retrato duro e doloroso" de uma realidade incontornável. Uma jovem cazaque vive ilegalmente em Moscovo, onde depende da máfia local e dá a luz um bebé que tenta abandonar. Samal Yeslyamova, a intérprete, ganhou o prémio de Melhor Atriz em Cannes 2018.