Arts + Handicrafts

Arts + Handicrafts

Manuel e António Pereira, cesteiros: "hoje os cestos já não dão para viver"

Manuel Pereira tem 82 anos e é cesteiro há mais de 60 anos. Aprendeu com o pai. O filho, António Pereira, tem 56 anos e é a 3ª geração de esteiros. Hoje, apesar de não trabalhar nos cestos com regularidade e por isso não ter prática, tem interiorizado o "saber" da arte de cesteiro. Mantém uma ligação à arte do pai e diz, "hoje os cestos já não dão para viver, senão era isto que queria fazer".