Diário de Notícias

Joacine: "Não podem exigir que eu deixe de gaguejar de uma hora para outra"

A deputada única do partido Livre, Joacine Katar Moreira, assegurou esta terça-feira que vai manter-se em funções como deputada e que "a mensagem irá ser compreendida", apesar das apreciações negativas às suas primeiras prestações no parlamento devido à profunda gaguez. "É óbvio que eu irei cumprir e corresponder a todas as necessidades e exigências que qualquer deputado nacional tem ali. Mas, é óbvio, que ninguém pode exigir que eu, de repente, passe a explicar-me com objetividade para satisfazer o incómodo que origino a alguns. Da mesma maneira, não podem exigir que eu deixe de gaguejar de uma hora para outra com o objetivo de acalmar os espíritos mais revoltosos e que têm imensa dificuldade em relacionar-se com igualdade", defendeu.