Diário de Notícias

Vítor Brotas: "90% do que fazemos não são atos médicos, são fantochadas"

Chamam-lhe Dr. House, como o da TV. Não tem papas na língua nem telemóvel e garante ao DN que não sabe quanto ganha. Mais: defende que "pagam aos médicos mais do que eles merecem" e lamenta os "registozinhos e relatóriozinhos" que ocupam tanto tempo aos profissionais de saúde.