GNR

Mãe de guarda provisório agredido em Portalegre espera justiça

A mãe de um dos guardas provisórios agredidos durante o módulo do "curso de bastão extensível", no centro de formação de GNR de Portalegre, esteve à conversa com o Jornal de Notícias e pede que seja feita justiça.