Diário de Notícias

Fazer pão em casa "foi sol de pouca dura"

Sofia Fonseca, Diário de Notícias10h34 — 02 Fevereiro 2021

As amassadoras da Panificadora do Areeiro, em Lisboa, nunca estiveram tanto tempo paradas. As máquinas, uma com capacidade para 80 quilos e outra para 120, têm funcionado bastante menos nos últimos meses. O pão é um produto essencial, a padaria continua a laborar, mas a pandemia, além de vidas, está a levar clientes. É num misto de saudosismo e de desolação que o proprietário mostra o espaço, onde estão apenas a trabalhar um padeiro e um pasteleiro. "Haviam de ver como é que isto era antes", nota José Neves, descrevendo o movimento que por ali havia até há um ano, antes do SARS-CoV-2 aparecer.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG