TSF/Dinheiro Vivo

Fabricantes de peças para carros deverão despedir mil a três mil pessoas

Hugo Neutel (TSF) e Diogo Ferreira Nunes (Dinheiro Vivo)09h00 — 16 Dezembro 2019

Com 240 empresas onde trabalham quase 60 mil pessoas, a indústria de componentes automóveis tem um volume de negócios próximo dos 12 mil milhões de euros. Depois da crise, os fabricantes recuperaram e já ultrapassaram valores anteriores a 2008 mas enfrentam o desafio das mudanças tecnológicas ligadas à descarbonização. O líder da Associação de Fabricantes para a Indústria Automóvel, José Couto, antecipa cenário negro devido à quebra das vendas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG