Dinheiro Vivo/TSF

Aumento do salário mínimo "não tem racionalidade económica e beneficia Estado"

Rosália Amorim (Dinheiro Vivo) e Hugo Neutel (TSF)08h53 — 25 Novembro 2019

António Saraiva afirma que a decisão é um "objetivo político". Presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP) lembra que ficaram pontos por cumprir nos últimos acordos de concertação e avisa: o governo que tem de "fazer diferente para não perder a confiança" dos parceiros.