EUA

Pais de vítima de tiroteio escrevem carta a Zuckerberg

Noah tinha seis anos quando morreu num massacre na escola Sandy Hook, no Connecticut, Estados Unidos, em dezembro de 2012. Morreram mais 19 crianças e seis adultos. Pais exigem que Facebook bloqueie teorias da conspiração que defendem que o tiroteio foi uma encenação.