Tecnológicas

Meia centena de pessoas sai da Google por assédio sexual

O assédio sexual levou à saída de 48 pessoas na Google desde 2016. Treze das saídas foram de colaboradores de topo. A denúncia é feita pelo jornal "The New York Times"