Análise

Os "coletes amarelos" querem uma revolução em França?

O próximo protesto em França está marcado para este sábado e o governo de Macron já anunciou que serão mobilizados 65.000 polícias para garantir a segurança nas ruas. Será que um protesto marcado pelas redes sociais é mais frágil a "infiltrações"? Os "coletes amarelos" desejam uma revolução total?