Autarca mexicano atacado por populares por não cumprir promessa eleitoral

Jorge Luis Escandón prometeu arranjar uma estrada e não o fez. Um grupo de agricultores tirou-o à força do escritório, na vila de Santa Rita, obrigou-o a entrar na caixa de carga de uma carrinha e depois amarrou-o com uma corda à parte de trás do veículo e arrastou-o pelas ruas daquela localidade. A polícia acabou por intervir, conseguindo libertar o autarca, que não sofreu ferimentos graves, tendo ainda detido os onze intervenientes no ataque.