Inovação

Mais de duas horas frente a um ecrã diminui inteligência das crianças

As crianças que passam mais de duas horas por dia em frente a um ecrã têm menos capacidade de aprendizagem do que as outras. O alerta surge no último estudo da Universidade de Otava que reforça conclusões de outros publicados sobre a relação direta entre o tempo dispensado a um ecrã e o sono perdido, o que afeta o desempenho de crianças e jovens.