Tecnologia

A China dá mais um passo rumo ao Estado de vigilância total

Francisco Graça (editado por Ana Isabel Pereira)20h02 — 31 Agosto 2018

A polícia chinesa está a comprar em massa dispositivos de extração de dados de "smartphones". Estes "scanners" são ligados aos telemóveis e verificam se contêm informação ilegal. O Governo chinês gasta cada vez mais recursos em segurança interna e parece querer aproximar-se de um estado orwelliano.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG