Desporto

Barba, unhas, boxers, amuletos. As superstições dos ciclistas da Volta

Entre o pelotão da Volta a Portugal, não faltam rituais. Alguns estão relacionados com religião, outros são pequenos gestos que, se não forem cumpridos, podem deitar tudo a perder. E também há quem tenha chegado à conclusão de que as superstições só dão "dor de cabeça".