Suíça trava Brasil. México vence campeã do mundo

Mais um dia de surpresas. O Brasil empatou 1-1 com a Suíça​​. O México venceu 1-0 a Alemanha, detentora do título de campeã do Mundo. A Sérvia também ganhou por 1-0 à Costa Rica

O jogo organizado da seleção suíça travou o entusiasmo da seleção brasileira e o encontro acabou empatado 1-1.

O Brasil foi o primeiro a marcar com um golo de Philippe Coutinho aos 20 minutos. A bola ainda foi afastada pela defesa suíça, mas o médio do FC Barcelona conseguiu ganhar o lance e atirou em arco. A bola bateu no ferro do poste e acabou por entrar na baliza.

Na segunda parte, a organização do jogo suíço deu resultado e Zuber marcou de cabeça no primeiro poste. Estavam jogados 50 minutos e resultava em golo, a bola saída de um canto de Sahaqiri.

No final do tempo regulamentar, o árbitro deu mais cinco minutos de compensação, mas a equipa de Neymar não conseguiu fazer valer o favoritismo.

México surpreendeu Alemanha

A Alemanha, ainda detentora do título de campeã do mundo, tentou tudo para empatar, mas sem sucesso: o México protagonizou mais uma surpresa do Mundial de 2018.

Lozano marcou o único golo do jogo aos 35 minutos, após uma jogada de contra-ataque, a partir da recuperação da bola por parte de Herrera, do FC Porto, e conseguiu aguentar o resultado até ao fim da partida.

Magia de Kolarov leva Sérvia à vitória

Um golaço de Aleksandar Kolarov, aos 58 minutos, na transformação de um livre direto, valeu este domingo à Sérvia um triunfo por 1-0 sobre a Costa Rica, no primeiro encontro do Grupo E do Mundial de futebol de 2018.

O jogador da Roma foi o único a encontrar o caminho do golo e a conseguir bater o guarda-redes Keylor Navas, que adiou até poder o tento de uns sérvios que não foram avassaladores, mas criaram mais e melhores ocasiões de golo.

Pela segunda vez na fase final como Sérvia, a formação balcânica deu, assim, um passo em frente rumo aos 'oitavos' - que falhou em 2010 -, ao contrário da Costa Rica, que, num grupo ainda com Brasil e Suíça, dificilmente repetirá 1990 e 2014.

"Tivemos a atitude certa, jogámos como tínhamos de jogar e conseguimos os três pontos, que era o mais importante. Fomos uma equipa compacta a defender e a atacar e isso foi determinante", disse o selecionador da Sérvia, Mladen Krstajic.

Aleksandar Kolarov, autor do golo sérvio, foi eleito o homem do jogo.