França é campeã do mundo de futebol. 20 anos depois

A seleção francesa venceu o Mundial 2018, ao bater a seleção da Croácia por 4-2. Os bleus voltam a fazer história, 20 anos depois de terem vencido o Brasil e levantado o troféu.

A França sagrou-se campeã mundial de futebol pela segunda vez na sua história, 20 anos depois, ao vencer a Croácia por 4-2, na final da 21.ª edição da prova, disputada no Estádio Luzhniki, em Moscovo.

Mario Mandzukic (18 minutos), na própria baliza, Antoine Griezmann (38), de grande penalidade, Paul Pogba (59) e Kylian Mbappé (65) apontaram os tentos dos franceses, enquanto Ivan Perisic (28) e Mandzukic (69) faturaram para os croatas.

Os gauleses tornaram-se a sexta seleção a bisar o título mundial, depois de Itália, Uruguai, Brasil, Alemanha e Argentina, sendo que conquistaram o primeiro fora, depois do triunfo em solo gaulês, em 1998, selado com um 3-0 ao Brasil na final.

A final do Mundial não registava tantos golos desde 1966, há 52 anos, quando a anfitriã Inglaterra superou a RFA por 4-2, após prolongamento, sendo que o recorde, de 1958 (5-2 do Brasil à Suécia), ficou apenas a um tento.

Na página dos "bleus" no Facebook, o feito foi logo assinalado, com os adeptos franceses a deixarem os parabéns à equipa comandada por Didier Deschamps, treinador que, de resto, entrou para um grupo mais do que seleto. Só ele, o alemão Franz Beckembauer e o brasileiro Mário Jorge Lobo Zagallo venceram campeonatos do mundo simultaneamente como jogadores e treinadores. Deschamps era mesmo capitão de equipa quando a França venceu o Mundial 1998.

Foi este o troféu que a França levantou.

Mbappé foi considerado pela FIFA o Melhor Jovem Jogador do Mundial 2018 - há quatro anos, este prémio havia sido entregue a outro francês: Pogba. Luka Modrić recebeu a Bola de Ouro, é o melhor jogador da competição. O melhor marcador já era conhecido: Harry Kane leva a Bota de Ouro. O melhor guarda-redes (Luva de Ouro) é Thibaut Courtois, guardião da Bélgica.