Recado para Neymar: ligar para o INEM só em caso de emergência

Ana Meireles17h15 — 06 Julho 2018

75,8% das chamadas para o 112 também não são emergências, alerta o Instituto Nacional de Emergência Médica.

Os talentos para o futebol e as quedas (há quem tenha feito a contas, e o brasileiro já passou quase 14 minutos no chão) de Neymar no Mundial têm sido motivo de debate e alguma risota em cafés, redes sociais e, até, meios de comunicação social.

Agora, foi o INEM (Instituto Nacional de Emergência Médica) que aproveitou este fenómeno para chamar a atenção para o número elevado de chamadas que "não são urgências" que recebem.

O instituto publicou uma foto que mostra o craque brasileiro no chão, num lance em que parece queixar-se provavelmente de uma falta, e acrescentou este número: "75,8% das chamadas para o 112 também não são emergências".