Mundo

CEO do Twitter foi a Mianmar meditar e ignorou crise dos rohingya

Jack Dorsey foi a Mianmar para meditar em silêncio e publicou um "thread" (conjunto de tweets interligados) sobre a experiência na rede social que dirige. Os cibernautas criticaram outro silêncio: o facto de o CEO do Twitter ter omitido no seu relato o drama do genocídio da comunidade rohingya valeu-lhe duras críticas.